Ticker

A PESQUISA QUE INTERESSA.


Durante mais de 15 anos, dos meus 35 anos de vida profissional, passei montado em pesquisas, as mais variadas, para estabelecer estratégias de marketing e comercial, dados os cargos que ocupei como Gerente de Marketing, Gerente de produtos (de forma individual) ou gerente de cesta (grupos) de produtos.

Pesquisas detalhadas, com documentos de comprovação e com análises reais do mercado.

Toda a fidelidade de uma pesquisa está centrada no número de pesquisados. Em sua correta classificação de mercado, em seu poder aquisitivo, sua idade e seus hábitos de consumo. Quanto maior são estes números, mas a pesquisa se aproxima da verdade real do mercado.

Passei horas em supermercados e farmácias observando o consumidor final. Observando como ele se comprtava diante de gôndolas frontais (cabeceiras de prateleiras) e de produtos mais vendidos colocados estrategicamente no fundo do estabelecimento para forçar a procura do consumidor.

Assim é estratégico que mercados mudem a exposição de produtos pelas Gôndolas e prateleiras para forçar seu "passeio" pelas dependências do comércio.

E fazia isso mesmo após receber relatórios pormenorizados das pesquisas encomendadas.

Não há, segundo minha experiência profissional, como conferir credibilidade em pesquisas com mil pessoas em um universo de, pelo menos, 158 milhões de pessoas.

Qualquer estatístico, sério ou não, sabe das manipulações possíveis do universo pesquisado.
Sabe que esta manipulação pode, efetivamente, comprometer suas estratégias financeira, comercial ou de satisfação.

Deste modo, as pesquisas eleitorais soam como uma fraude escancarada, com dados de bancos questionáveis, com questionários formulados para obter as respostas desejadas e para oferecer um resultado que atenta à determinadas necessidades, sejam elas justas ou não.

É nesse contexto pesquisacional que determinadas enquetes têm muito valor que uma pesquisa feita, sabe-se lá com quais propósitos.

Uma "enquete" com mais de 3 milhões de votos únicos, claro está, que detém muito mais credibilidade do que uma pesquisa fajuta de um DataFolha (dados o seu claro posicionamento).

Neste contexto o site "Eleições ao vivo" (imagem de capa desta postagem) com 3.989.526 VOTOS ÚNICOS, haja visa que controles internos do site impedem votos duplos, triplos ou mais de um mesmo eleitor, têm muito mais credibilidade que uma Pesquisa DataFolha, Ipespe ou outra qualquer.

Portanto, vai aqui nossa recomendação:

DESPREZE TAIS PESQUISAS.
ELAS SÃO UMA FRAUDE ESCANDALOSA e prova disso, são as suas previsões pretéritas, onde erraram todas.
O erro, claro, é proposital e tem a intenção clara de fazer a sua cabecinha de idiotas.

NÃO ACREDITE NELAS e nem dê, para as mesmas, a confiabilidade que eles pretender ter.

Gente Decente

Sou brasileiro. Da gema. Conservador chato, renitente e resiliente.

Postar um comentário

Por favor:
Sem stress e agressões, assim como posturas descabidas.
Comente, divirja mas com educação.
E principalmente: SEM AMEAÇAS. O autor deste blog não é idiota.

Postagem Anterior Próxima Postagem