Ticker

Polícia Federal prende ex-ministro Milton Ribeiro.

Operação Acesso Pago da PF.

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta 4ª feira (22 .jun), a Operação Acesso Pago, que tem o objetivo de investigar a prática de tráfico de influência e corrupção para a liberação de recursos públicos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), vinculado ao Ministério da Educação. Entre os alvos da operação está Milton Ribeiro, ex-ministro da Educação. A prisão aconteceu em Santos (SP), no litoral paulista.
Ribeiro foi detido em Santos (SP). A audiência de custódia dele está marcada para esta 5ª feira (23 .jun) em Brasília.
As ordens judiciais foram emitidas pela 15ª Vara Federal Criminal da Seção Judiciária do Distrito Federal. Segundo a PF, são cumpridos 13 mandados de busca e apreensão e 5 prisões nos estados de Goiás, São Paulo, Pará e Distrito Federal. Também foram efetuadas outras medidas cautelares, como proibição de contatos entre os investigados e envolvidos.
O inquérito foi aberto com base em matérias da imprensa, que revelaram a existência de um gabinete paralelo dentro do MEC com a presença de pastores evangélicos. Após a revelação do caso, o ex-ministro deixou o cargo.

Gente Decente

Sou brasileiro. Da gema. Conservador chato, renitente e resiliente.

2 Comentários

Por favor:
Sem stress e agressões, assim como posturas descabidas.
Comente, divirja mas com educação.
E principalmente: SEM AMEAÇAS. O autor deste blog não é idiota.

  1. Cadeia para todos os corruptos, queremos um novo Brasil com o presidente Bolsonaro até 2026...

    ResponderExcluir
  2. Claramente essa prisão é muito suspeita. Parece fato criado para dar o troco a CPI da Petrobrás e emplacar uma CPI do MEC no senado com o objetivo de desgastar o Presidente próximo as eleições.

    ResponderExcluir
Postagem Anterior Próxima Postagem