Ticker

EXCLUSIVO! URGENTE! PF na cola do chefão do Adélio.

Os celulares do assassino Adélio e de seu advogado deram pistas substanciais.

A Polícia Federal está perto de desvendar o caso Adélio, assassino que tentou matar Bolsonaro durante o processo eleitoral de 2018.

Perícias feitas nos celulares do assassino Adélio e de seu advogado Zanone Manuel de Oliveira revelaram pistas que estão sendo minuciosamente investigadas e que podem revelar quem mandou o assassino Adélio matar Bolsonaro, pergunta até hoje não respondida, e quem bancou a defesa do assassino.

A polícia Federal já tem provas de que o assassino Adélio não estava sozinho no dia do atentado. Um grupo de sete pessoas estavam fazendo a sua proteção. Todas já identificadas e todas ligadas a um partido político, o mesmo de Adélio, alguns deles simpatizantes do grupo Ninja, claramente mostrados como grupo de esquerda.

A reabertura do inquérito foi autorizada pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1) no início de novembro, dando seguimento ao processo que se encontrava arquivado desde 2019.

O delegado da PF Rodrigo Morais Fernandes também confirmou que vai apurar as informações fiscais e as imagens do circuito interno de TV do escritório de advocacia onde trabalha Zanone.


Segue e gente Telegram: Telegram

Twitter/Facebook/GTTER/Youtube: @gentedecente2022 

Siga o Blog: Basta clicar em “seguir” na coluna direita do Blog para você ter acesso às nossas atualizações.
Gente Decente

Sou brasileiro. Da gema. Conservador chato, renitente e resiliente.

Postar um comentário

Por favor:
Sem stress e agressões, assim como posturas descabidas.
Comente, divirja mas com educação.
E principalmente: SEM AMEAÇAS. O autor deste blog não é idiota.

Postagem Anterior Próxima Postagem