Ticker

Partido Rede entra no STF. Quer impedir a mudança de local do Desfile Militar no Rio de Janeiro.

A Rede, novamente. Outra vez. De novo.



O Partido Rede faz do STF o seu feudo particular com ações as mais variadas e pelos mais refutáveis motivos.
É um estorvo.

Desta vez o partido quer que o desfile seja na Av.. Rio Branco, como era de costume, tentando impedir que ele seja realizado na Praia de Copacabana, como foi anunciado por Bolsonaro nesta semana.

Para isso o partido se ajuizou Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF 998) no Supremo Tribunal Federal.

Segundo os donos do STF a mudança, anunciada pelo presidente Jair Bolsonaro no último fim de semana, não tem motivação técnica, mas político-eleitoral.

Na ação, a Rede sustenta que a intenção do presidente é “associar sua candidatura ao apoio institucional das Forças Armadas, bem como vender a ideia de que possui amplo apoio popular, divulgando o evento como apoio à sua reeleição”.

Um dos argumentos é o de que, apesar da obediência hierárquica e da disciplina que regem as Forças Armadas, é necessária a intervenção do Poder Judiciário para que elas não sejam utilizadas em desacordo com a Constituição. Por esse motivo, pede liminar para impedir a mudança de local.



Segue e gente Telegram: Telegram

Twitter / Facebook /GTTER: @gentedecente2022 
Youtube

Siga o Blog: Basta clicar em “seguir” na coluna direita do Blog para você ter acesso às nossas atualizações.
Gente Decente

Sou brasileiro. Da gema. Conservador chato, renitente e resiliente.

Postar um comentário

Por favor:
Sem stress e agressões, assim como posturas descabidas.
Comente, divirja mas com educação.
E principalmente: SEM AMEAÇAS. O autor deste blog não é idiota.

Postagem Anterior Próxima Postagem